Última hora

Madrid reforça presença policial em Barcelona

Governo espanhol envia mais polícia para a Catalunha com o objetivo de manter a ordem caso o referendo pela indepenência vá avante

Em leitura:

Madrid reforça presença policial em Barcelona

Tamanho do texto Aa Aa

O governo espanhol irá reforçar a presença policial na Catalunha. Apesar de não ter sido adiantado um número de efetivos, a imprensa espanhola fala num total de seis mil agentes com ordens para atuar caso o governo regional não recue na intenção de organizar um referendo pela independência, considerado ilegal por Madrid, no dia um de outubro.

De acordo com o ministro da Educação, Cultura e Desporto, Íñigo Méndez de Vigo, “o governo decidiu destacar para a Catalunha diferentes unidades de reforço às forças e corpos de segurança do estado que já cumprem as suas missões nesta comunidade autónoma” que assumirão “uma missão de reforço e de apoio às unidades dos Mossos de Esquadra.”

Nesse sentido, o Governo alugou três cruzeiros já atracados nos portos de Tarragona e Barcelona para servir de alojamento aos agentes destacados. A medida promete fazer crescer a tensão entre Madrid e Barcelona e as manifestações sucedem-se diariamente.

Esta sexta-feira, cerca de três mil estudantes tomaram o Edifício Histórico da Universidade de Barcelona em defesa do referendo pela independência.