Última hora

Jogos em Asgabate: Sul-coreanos com sete medalhas em taekwondo

A equipa sul-coreana arrebatou quatro medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze, em Asgabate

Em leitura:

Jogos em Asgabate: Sul-coreanos com sete medalhas em taekwondo

Tamanho do texto Aa Aa

Os atletas sul-coreanos ganharam sete medalhas em taekwondo na quinta edição dos Jogos Asiáticos de Artes Marciais em Recinto Coberto, em Asgabate, no Turquemenistão.

A equipa sul-coreana arrebatou quatro medalhas de ouro, duas de prata e uma de bronze. O ouro foi para atletas de dezessete anos de idade.

O Taekwondo, que integrou em 2000 o programa Olímpico, nasceu na Coreia do Sul, e conta ali muita adesão entre os mais jovens. É o caso de Jun Jang, que começou a praticar a disciplina com sete anos de idade.

“Os meus pais eram fãs de taekwondo, e foram eles que me inspiraram e agora estão muito orgulhosos de mim. Sinto-me feliz, não foi fácil ganhar o ouro, em competição com concorrentes muito fortes”, disse Jun Jang.

A seleção australiana, que fez a sua estreia na competição, conquistou duas medalhas de bronze.

Uma delas, foi para Ruth Hock, que tem 32 anos de idade. A desportista regressou este ano às competições depois de ter deixado em 2009 a luta internacional para abrir um centro de formação em Adelaide.

“Estou muito feliz, consegui uma medalha!”, disse Ruth Hock. “Talvez tivesse desejado uma medalha de cor diferente, mas para a Austrália é fantástico. Duas medalhas de bronze em taekwondo é melhor do que nada, claro, e continuamos a avançar para alcançar outros níveis.”

Terminadas as provas de Taekwondo, até ao final dos jogos vão continuar a ser disputadas outras artes marciais asiáticas.

O Turquemenistão conseguiu o maior número de medalhas de ouro nesta edição dos Jogos Asiáticos de Artes Marciais em Recinto Coberto. O ouro na categoria de 66 kg nas lutas de “goresh”, também conhecido como “kurash”, a antiga arte marcial considerada desporto nacional no Turquemenistão, foi para Marat Orazov.