Última hora

Petição: Mais de 500 mil defendem Uber em Londres

Em leitura:

Petição: Mais de 500 mil defendem Uber em Londres

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 500 mil internautas britânicos contestam a decisão de Londres de pôr fim ao serviço da plataforma Uber.

Uma petição na internet, promovida pela companhia norte-americana, reúne mais de meio milhão de assinaturas, exigindo ao presidente da Câmara de Londres que renove a licença da empresa, que expira no final do mês.

Numa decisão inédita, a entidade reguladora dos transportes da capital britânica tinha anunciado, na sexta-feira, que não vai reconduzir a autorização de serviço de transportes da Uber, por não respeitar as regras de segurança e transparência do setor dos táxis.

O edil de Londres. Sadiq Khan, reafirmou ontem que a Uber, vai ter que “respeitar as regras do setor”.

A companhia anunciou já que pretende apresentar recurso da decisão, que põe em causa o futuro de mais de 40 mil condutores, afetando mais de 3,5 milhões de clientes habituais.

A empresa vai manter-se em atividade até ser conhecida a sentença final, o que só deverá acontecer dentro de vários meses.

O ministro do governo para Londres, o conservador Greg Hands, considerou que a decisão de Khan, “mostra que o edil é avesso à inovação tecnológica”, acusando o trabalhista de abalar o poder de compra da “classe trabalhadora”.