This content is not available in your region

Médicos vestem a bata do protesto na Venezuela

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Médicos vestem a bata do protesto na Venezuela

<p>A saúde está em risco e os médicos estão em protesto na Venezuela.<br /> Ergueram cartazes com palavras de ordem contra a falta de medicamentos em frente ao edifício da Organização Mundial de Saúde, em Caracas.<br /> Exigem uma posição mais forte da instituição face à crise médica que o país sul-americano enfrenta.</p> <p>“Hoje estamos aqui na <span class="caps">OMS</span> para exigir o fim do silêncio desta organização em relação à crise humanitária a nível da saúde que temos no nosso país. Há números alarmantes de epidemias que estão a recomeçar. Tinham sido totalmente erradicadas na Venezuela e agora estão a surgir novamente como a rubéola, difteria ou a malária”, explica a médica Angelica Aranguibel.</p> <p>Doenças que estavam controladas mas que ressurgem muito devido à escassez de vacinas e de medicamentos. No meio desta crise muitos venezuelanos com doenças crónicas como o cancro ou diabetes muitas vezes têm de abandonar o tratamento.</p>