Última hora

Candidato de Trump perde frente a Roy Moore

Republicanos do Alabama escolheram o ultraconservador Roy Moore como candidato a ocupar um lugar no Senado norte-americano. A eleição de Moore traduz-se num golpe para o Presidente Donald Trump que apoiava o rival Luther Strange.

Em leitura:

Candidato de Trump perde frente a Roy Moore

Tamanho do texto Aa Aa

Os eleitores do Alabama escolheram o ultraconservador Roy Moore como candidato republicano para ocupar um lugar no Senado norte-americano. A eleição de Moore, terça-feira, traduz-se num golpe para o Presidente Donald Trump e outros líderes do partido Republicano que consideravam que o rival Luther Strange devia ser o escolhido para avançar para Washington.

Usando a sua conta twitter, Trump disse que Strange esteve bem na corrida, mas acabou por dar os parabéns a Roy Moore pela vitória na Primária Republicana do Alabama e desejou que volte a ganhar em dezembro.

Na eleição de dezembro, para preencher o lugar que era ocupado por Jeff Sessions, Moore vai enfrentar o candidato democrata Doug Jones.

Moore, de 70 anos, ex-juiz Presidente do Supremo Tribunal do Alabama, ficou conhecido por perder o cargo por duas vezes.

A primeira vez por recusar uma ordem judicial para remover um monumento dos Dez Mandamentos do tribunal, a segunda vez por desafiar a decisão do Supremo Tribunal dos EUA para legalizar o casamento entre pessoas do mesmo sexo.