Última hora

EUA e Cuba discutem alegados "ataques acústicos"

Em leitura:

EUA e Cuba discutem alegados "ataques acústicos"

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro cubano dos Negócios Estrangeiros, Bruno Rodríguez, reuniu-se com o secretário de Estado dos EUA, Rex Tillerson, num momento em que a relação entre os dois países está a ser afetada por denúncias sobre alegados “ataques acústicos”.

Washington diz que pelo menos 21 empregados da embaixada em Havana foram vítimas dos ataques, sofrendo ligeiras lesões cerebrais, perda de audição e equilíbrio, fortes dores de cabeça, problemas cognitivos e edemas cerebrais.

Os Estados Unidos chegaram a afirmar que estavam a estudar o encerramento temporário da sede diplomática.

Cuba foi a Washington pedir a sua “cooperação eficiente” para concluir a investigação em curso para esclarecer o suposto “ataque acústico”, alegando não haver, para já, indícios sobre as causas dos problemas de saúde reportados.