Última hora

Multidão em pânico mata 22 em estação ferroviária na Índia

Uma multidão em pânico espezinhou dezenas de pessoas numa estação ferroviária em Bombaim, na Índia

Em leitura:

Multidão em pânico mata 22 em estação ferroviária na Índia

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 22 pessoas morreram e 30 ficaram feridas, esta sexta-feira, espezinhadas por uma multidão em pânico numa estação ferroviária em Bombaim, na Índia, em hora de ponta. De acordo com as autoridades locais, tudo começou com um estrondo causado por um curto-circuito.

“As pessoas começaram a cair-nos em cima. Não sei o que aconteceu às primeiras três ou quatro mulheres, não sei em que estado ficaram”, disse uma testemunha.

Eram cerca das 10h45 locais, 5h45 de Lisboa, quando o pânico se instalou entre as centenas de pessoas que se encontravam na ponte pedonal que dá acesso à estação ferroviária de Elphinstone, no centro financeiro da cidade. Quando a multidão começou acorrer para apanhar o comboio, várias pessoas caíram e foram espezinhadas. Segundo o porta-voz da companhia de caminhos-de-ferro, Anil Saxena, “a estação estava cheia de pessoas que tentavam abrigar-se da chuva torrencial”.

O ministro dos Transportes Ferroviários da Índia, Piyush Goyal, ordenou a abertura de investigações sobre a causa do acidente.