Última hora

Mais medalhas para o Brasil no Grande Prémio de Zagreb de Judo

Segundo dia do Grande Prémio de Zagreb, de Judo, com mais medalhas para o Brasil.

Em leitura:

Mais medalhas para o Brasil no Grande Prémio de Zagreb de Judo

Tamanho do texto Aa Aa

Segundo dia do Grande Prémio de Zagreb, de Judo, com a visita da presidente da República da Croácia ao evento. Um dia com mais medalhas para o Brasil.

“Dou as boas-vindas a Zagreb, na Croácia, a todas as equipas, todos os jogadores, todos os treinadores, e desejo-lhes todo o sucesso, tudo de bom”, declarou Kolinda Grabar-Kitarovic.

Atleta masculino do dia

O judoca canarinho Eduardo Barbosa conquistou o bronze, na categoria -73 Kg, mas foi Rustam Orujov, do Azerbaijão, o homem do segundo dia de provas.

Na final, na mesma categoria, ele bateu, por Ippon, Tommy Macias, da Suécia, e ganhou o ouro com um desempenho impecável.

O vice-campeão do mundo queria chegar ao primeiro lugar do pódio e fazer ouvir o hino do seu país.

Uma forma de compensação depois da prata conquistada em Budapeste:

“Depois dos mundiais fiquei um pouco desapontado com o meu desempenho,_ por isso vim aqui, pela medalha de ouro. A minha preparação foi boa e estou muito feliz por levar para casa o ouro”_, afirmou Orujov.

Atleta feminina do dia

Nas competições femininas Nami Nabekura, nos -63 kg, distinguiu-se das outras judocas, Numa final japonesa fez dois Waza Ari, o primeiro um potente Uchi Mata, e o segundo um espectacular Seoi Nage. Megumi Tsugane teve de contentar-se com o segundo posto.

Ouro para o Brasil

A segunda medalha para o Brasil foi de ouro. Barbara Timo, nos -70 kg, surpreendeu a francesa Fanny-Estelle Posvite no minuto final.

A judoca conquistou assim o seu primeiro ouro numa competição mundial, em 4 anos.

Momento do dia

Attila Ungvari, da Hungria, impôs-se também a um judoca gaulês, Jonathan Allardon, no último jogo do dia, a final dos -81kg. Este foi o momento do dia.

Ungvari dominou e fez uma ótima combinação de ataques, antes de uma vitória por ippon. Uma excelente demonstração técnica de Judo.

O dia terminou com o hino húngaro.

O Brasil ocupa o segundo lugar entre os países com mais medalhas, quatro, duas de ouro e duas de bronze. A Tabela é liderada pelo Japão com quatro primeiros lugares e um terceiro.