Última hora

Última hora

Oposição ameaça paralisar o Haiti

Os protesto no Haiti estão a subir de tom e a oposição ameaça paralisar o país

Em leitura:

Oposição ameaça paralisar o Haiti

Tamanho do texto Aa Aa

Aumenta a tensão no Haiti. As manifestações organizadas pelos partidos da oposição, em Port-au-Prince, estão a subir de tom e as ações de luta podem intensificaram-se nos próximos dias. Os manifestantes contestam a política orçamental que dizem fragilizar as classes mais pobres. Uma posição partilhada por vários economistas por considerarem que vai agravar o endividamento do país, a braços com uma inflação superior a 15 por cento.

Líder da oposição, Jean- Charles Moise : “Chegámos a um ponto onde as manifestações não chegam, vamos também organizar greves. Exigimos que Jovenel Moise abandone o poder e estamos dispostos a paralisar o país. Tentámos falar com Moise mas ele não nos ouve. Escrevemos-lhe, mas ele não presta atenção.” Os dirigentes de diferentes formações políticas já lamentaram a violência deste sábado, em Port-au-Prince, capital do Haiti, e responsabilizaram o partido no poder pelos caos nas ruas da cidade. Garantem que os manifestantes desfilaram de forma pacífica e que a violência foi semeada por “indivíduos próximos” do poder central.