Última hora

Referendo na Catalunha feriu poder politico

José Vicente Muñoz defende que a consulta popular sobre a independência da Catalunha foi negativa para o poder político central e regional

Em leitura:

Referendo na Catalunha feriu poder politico

Tamanho do texto Aa Aa

Os socialistas do PSC, Partit dels Socialistes que governam L’ Hospitalet De Llobregat, a segunda maior cidade da Catalunha, não autorizaram a utilização de edifícios municipais no referendo deste domingo.

Aqui fomos encontrar José Vicente Muñoz, antigo membro do conselho municipal e ex deputado do Parlamento Espanhol por Barcelona. O líder histórico diz que é tempo de Espanha virar a página.

“Convocar eleições na Catalunha e em Espanha porque o governo catalão perdeu legitimidade ao realizar ações contrárias à lei que permitiram ao executivo chegar onde está hoje. Não há um governo catalão e no resto de Espanha, no que toca a Rajoy, a passividade do Presidente face ao que aconteceu fez com que se tenha convertido num problema muito maior do que se esperava” afirma Muñoz.

A posição dos socialistas não impediu que os cerca de 250 mil habitantes exercessem o direito de voto. Muitos votaram em centros de saúde e escolas administradas pelo governo catalão. Numa das assembleias de voto registaram-se confrontos entre civis e as forças de segurança.