Última hora

Rússia bombardeia cúpula de grupo islamita na Síria

Em leitura:

Rússia bombardeia cúpula de grupo islamita na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

A Rússia afirma ter ferido gravemente o líder da coligação de grupos islamitas que controla atualmente a região síria de Idlib. Segundo Moscovo, o chefe do grupo Tahrir Al-Sham, a antiga frente Al-Nusra, encontrar-se-à em estado crítico, depois da aviação russa ter bombardeado ontem uma reunião da cúpula do movimento armado na região de Hama.

Num comunicado, o ministério da Defesa russo afirma ter atingidio Mohammad al-Joulaini, abatendo ainda 50 combatentes, entre os quais 12 comandantes do grupo que até ao ano passado pertencia à nebulosa da rede Al-Qaida na região.

O anúncio de Moscovo ocorre num momento em que as forças sírias, aliadas da Rússia, prosseguem a ofensiva para retomar a zona de Idlib, sob controlo do grupo Tahrir Al-Sham.

A Rússia tinha anunciado em Junho a probabilidade de ter morto o líder do grupo Estado Islâmico, Abou Bakr Al-Baghdadi. Uma informação desmentida pelo próprio numa gravação recente em que apela aos combatentes a resistir aos inimigos.