Última hora

Em leitura:

Nobel da literatura "vira o disco" com Kazuo Ishiguru


Cult

Nobel da literatura "vira o disco" com Kazuo Ishiguru

O autor do ‘best-seller’ “Os despojos do dia” tornou-se esta quinta-feira o novo prémio Nobel da Literatura, O escritor inglês de origem japonesa Kazuo Ishiguro sucede assim a Bob Dylan na lista de nobelizados. Numa nota menos musical, a Academia Sueca justiificou a escolha evocando “a força emocional” e a revelação do “abismo sob o ilusório sentimento de conforto” da escrita do autor. Nascido em Nagasaki antes de mudar-se para o Reino Unido com os pais, Ishiguro torna-se o 29o escritor de língua inglesa a ser homenageado com um Nobel, o idioma mais distinguido pelo júri do prémio.

Uma surpresa e uma honra para o autor, entrevistado esta tarde:

“Pensei que era uma piada em tempos de notícias falsas. Uma senhora muito simpática ligou-me da Suécia. Fiquei surpreendido com o seu tom um pouco medroso. Diziam que me convidavam para alguma espécie de festa e que pensavam que eu podia recusar e diziam que percebiam que tinha uma agenda preenchida mas que gostavam que eu fosse a Estocolmo receber o prémio, Eu disse claro que sim, estou pronto a cancelar algumas coisas”.

“Uma grande parte da minha forma de ver o mundo, a minha abordagem artística é japonesa pois eu fui criado por pais japoneses que falavam japonês dentro de uma casa japonesa e penso que sempre olhei para o mundo em parte através dos olhos dos meus pais, que é um pouco o que todos fazemos”

O escritor conta com oito obras publicadas em mais de três décadas, de “As Colinas de Nagasaki” (1982) a “O gigante enterrado” (2015). Dois livros inspiraram adaptações no cinema, como “Os despojos do dia” e “Nunca me deixes”.

Depois da escolha de Bob Dylan ter sobressaltado o meio literário, Ishiguro não esconde agora ter também aspirado a uma carreira musical. O escritor é também autor da letra de quatro canções da interprete de jazz norte-americana Stacey Kent .

Escolhas do editor

Artigo seguinte
Peça de porcelana da China bate recorde de venda em leilão

Cult

Peça de porcelana da China bate recorde de venda em leilão