Última hora

Cinco crianças morrem queimadas numa creche

Cinco crianças perderam a vida numa creche brasileira depois de um segurança lhes ter ateado fogo com álcool

Em leitura:

Cinco crianças morrem queimadas numa creche

Tamanho do texto Aa Aa

Era suposto estarem a salvo mas morreram queimadas. Cinco crianças perderam a vida numa creche brasileira depois de um segurança lhes ter ateado fogo com álcool. Os meninos com 4 anos de idade tinham acabado de tomar banho, estavam preparados para o almoço. Uma professora também não resistiu a queimaduras em 90 por cento do corpo.


Informações iniciais davam conta que eram 6 as crianças que morreram, mas as autoridades corrigiram ao afirmar que conseguiram reanimar uma menina que sofria paragens cardiorrespiratórias.

A tragédia pode ter sido mais grave, não fosse a intervenção de populares, alguns verdadeiros heróis.

Tudo aconteceu na creche pública “Gente Inocente” da cidade de Janaúba, no Estado de Minas Gerais.

O pirómano, de 50 anos morreu nas chamas. Desconhece-se o motivo para cometer o crime.

De acordo com responsáveis da creche, “o segurança trabalhava na instituição há oito anos e não aparentava sofrer de problemas psiquiátricos”.

Há ainda o registo de 40 feridos entre crianças, auxiliares e pessoas que tentaram ajudar.

A cidade declarou sete dias de luto.