Última hora

Exército português envia 200 militares para combater as chamas

O secretário de Estado da Administração Interna declarou suspeitar de mão criminosa na origem dos incêndios.

Em leitura:

Exército português envia 200 militares para combater as chamas

Tamanho do texto Aa Aa

É com a ajuda da população que os quase 600 bombeiros combatem as chamas que avançam em Pampilhosa da Serra desde sexta-feira à noite e que já alastraram a Arganil. Seis aldeias foram evacuadas. Três estradas nacionais encontram-se cortadas.

É o maior dos seis incêndios mais preocupantes que lavram em Portugal neste momento.

O Exército anunciou o envio de mais de duas centenas de militares para o terreno.

O secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, já declarou suspeitar de mão criminosa na origem dos incêndios que deflagraram nos últimos dias.