Última hora

Última hora

Assalto final a Raqqa "iminente"

Está eminente o assalto final ao bastião do autoproclamado Estado Islâmico na Síria

Em leitura:

Assalto final a Raqqa "iminente"

Tamanho do texto Aa Aa

Está eminente o assalto final ao bastião do autoproclamado Estado Islâmico na Síria. A informação é das chamadas Forças Democráticas Sírias, que já controlam 85% daquela que foi a capital dos jihadistas na Síria. A ofensiva deverá centrar-se em torno do estádio.

O comandante yazidi, Zardasht Shingali, acredita que são poucos os que ainda resistem. “Não temos o número exato, porque não há serviço de informações mas restam apenas alguns resistentes. A zona está livre dos ataques deles”, explicou.

Apesar de o “daesh” ter perdido muitos combatentes, existem ainda perigosos atiradores furtivos. Mesmo longe da linha da frente quem entra ou sai das zonas mais perigosas é revistado com as mãos, seja homem ou mulher.

“Estão a revistar-nos a todos, mesmo a nós mulheres e com as mãos. Os combatentes dos ISIL estão longe daqui”, queixa-se uma mulher.

Os comandantes das Forças Democráticas Sírias, compostas em grande parte por curdos e apoiada pelos Estados Unidos, acreditam que o assalto final irá durar apenas alguns dias, embora a conquista de outras cidades, como Mossul demonstrou que nem sempre os avanços são assim tão simples.