Última hora

Última hora

"Breves de Bruxelas": adeus de Schäuble e suspense com Catalunha

"Breves de Bruxelas": adeus de Schäuble e suspense com Catalunha

Em leitura:

"Breves de Bruxelas": adeus de Schäuble e suspense com Catalunha

Tamanho do texto Aa Aa

Tem sido o ministro do Eurogrupo mais influente dos últimos anos e, para muitos na Europa, tem sido o rosto da ortodoxia de Berlim em matéria de finanças públicas.

O ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, despede-se dos colegas da União Europeia durante duas reuniões, no Luxemburgo, esta semana.

Alguns ministros das Finanças do Eurogrupo comentaram a crise na Catalunha.

A região representa 20% da riqueza da Espanha, país que é a quarta maior economia da zona euro, e o presidente do governo catalão pretende declarar a independência, na terça-feira.

Ana Lazaro, do serviço espanhol, analisa as potenciais implicações neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária.

Para terminar, o sindicato socialista da Bélgica pediu um “dia da reação”, na terça-feira, contra a política do governo federal ao nível dos serviços públicos.

As principais acusações são cortes orçamentais, falta de investimento e privatização de empresas públicas. A greve não tem o apoio de outros dois sindicatos belgas.