Última hora

Última hora

Condições meteorológicas dificultam combate às chamas

As condições meteorológicas previstas para os próximos dias podem complicar a tarefa dos bombeiros na Califórnia

Em leitura:

Condições meteorológicas dificultam combate às chamas

Tamanho do texto Aa Aa

17 mortos, 150 desaparecidos e mais de 46 mil hectares de área ardida. É o mais recente balanço dos incêndios que, desde domingo, fustigam o norte da Califórnia.

O calor e o vento que se fazem sentir na região estão a dificultar o combate às chamas. E os bombeiros, no terreno, temem que as condições meteorológicas previstas para os próximos dias possam contribuir para a propagação de novos focos de incêndio.

Mais de 600 homens estão envolvidos no combate às chamas. Pelo menos 3.500 edifícios, entre habitações e estabelecimentos comerciais, foram destruídos pelos incêndios – 17 no total – que se alastraram por nove condados do norte da Califórnia.

Para facilitar a intervenção de ajuda e o envio de recursos federais, o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarou o estado de desastre na Califórnia, depois de, também, o governador, Jerry Brown, ter declarado o estado de emergência nas áreas afetadas pelas chamas.

Steve Patterson/NBC: “Esta é apenas uma casa, um cenário num dos bairros atingidos pelas chamas. Devido à força do vento todos estes bairros começaram a arder e as chamas acabaram por se propagar às áreas vizinhas. Os bombeiros fazem o que podem para travar os incêndios e permitir que as pessoas regressem a casa. Cerca de 20 mil pessoas ainda estão em centros de abrigo. Esta situação, esta crise humanitária e o combate aos incêndios continua.”