Última hora

Partido da Liberdade fala em fraude eleitoral

Na Libéria, o presidente do Partido da Liberdade diz-se, "profundamente, preocupado com a descoberta de inúmeras irregularidades e fraude, durante as eleições".

Em leitura:

Partido da Liberdade fala em fraude eleitoral

Tamanho do texto Aa Aa

Na Libéria, o presidente do Partido da Liberdade diz-se, “profundamente, preocupado com a descoberta de inúmeras irregularidades e fraude, durante as eleições”. Em comunicado, Benjamin Sanvee, pede à Comissão Nacional de Eleições que suspenda o anúncio dos resultados eleitorais, previsto para esta quinta-feira.

O líder da formação garante que precederá, judicialmente, se o anúncio for feito mas não esclarece que provas tem de fraude eleitoral.

A Comissão Nacional de Eleições diz desconhecer a queixa, apresentada pelo Partido da Liberdade, ou quaisquer irregularidades.

Um dos observadores internacionais mostra-se satisfeito pela forma como decorreu o escrutínio:

“A missão acredita que, até agora, e pela forma como foram geridas as eleições, no dia da votação, a classificação e contagem de votos, a Libéria está no caminho certo para alcançar um resultado credível”, adianta John Mahama, responsável da missão de observadores da Ecowas.

Os eleitores da Libéria foram chamados às urnas, na terça-feira, para eleger o sucessor da Presidente Ellen Johnson Sirleaf, impossibilitada, pela Constituição do país, de se recandidatar a um terceiro mandato.