Última hora

Última hora

Turquia e EUA tentam resolver crise diplomática

O primeiro-ministro turco, Binali Yıldırım, quer reatar as boas relações com o grande aliado americano o mais rápido possível e garantiu que o bom senso se vai manter nestas diligências.

Em leitura:

Turquia e EUA tentam resolver crise diplomática

Tamanho do texto Aa Aa

A crise diplomática entre Ancara e Washington deve ser resolvida o mais rápido possível. A vontade foi expressada pelos responsáveis máximos das relações externas da Turquia e dos Estados Unidos, que têm estado em contacto permanente. Mas a verdade é que a emissão de toda a espécie de vistos nos respetivos serviços consulares e diplomáticos continua suspensa.

O primeiro-ministro turco, Binali Yıldırım, também demonstrou vontade de reatar as boas relações com o grande aliado americano o mais rápido possível e garantiu que o bom senso se vai manter nestas diligências.

Recorde-se que esta crise foi despoltada depois de um funcionário turco do consulado dos EUA em Istambul ter sido detido sob suspeita de ligações ao clérigo Fethullah Gülen, o antigo aliado do Presidente turco Recep Tayyip Erdogan, que as autoridades do país continuam a responsabilizar pelo golpe de Estado falhado de julho de 2016.

A detenção foi condenada pelo governo americano, que a classifica como “infundada” e “danosa” para as relações bilaterais entre os dois países.