Última hora

Weinstein na mira das autoridades

O produtor de Hollywood Harvey Weinstein admite que não está bem, precisa de ajuda e pede mesmo uma segunda oportunidade.

Em leitura:

Weinstein na mira das autoridades

Tamanho do texto Aa Aa

Autoridades norte-americanas e britânicas investigam Harvey Weinstein.

No centro da tempestade mediática, o produtor de Hollywood Harvey Weinstein admite que não está bem, precisa de ajuda e pede mesmo uma segunda oportunidade.

As palavras de Weinstein coincidem com o anúncio de investigações pelas polícias norte-americana e britânica sobre alegações de assédio sexual.

Em declarações efetuadas a repórteres esta quarta-feira o produtor afirma que não está bem, precisa de ajuda espera ter uma segunda oportunidade.

Entre as estrelas que acusam Weinstein contam-se Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Heather Graham e Ashley Judd, mas a lista tem vindo a crescer.

Desde a publicação das alegações de assédio sexual no dia 5 de outubro, Weinstein foi afastado da direção da sua produtora e enfrenta agora uam lista crescente de acusações.

Entretanto, a Academia Britânica de Cinema e Televisão, BAFTA, anunciou esta quarta-feira a suspensão de Weinstein da organização.

A Academia dos Óscares vai reunir-se este sábado para discutir que ações tomar contra Weinstein.