Última hora

Italianos debatem direito à nacionalidade

Aquela que é uma das políticas mais restritivas da Europa está a ser alvo de uma imensa contestação em Itália e de manifestações esta sexta-feira.

Em leitura:

Italianos debatem direito à nacionalidade

Tamanho do texto Aa Aa

Não é italiano quem quer, ou seja, os filhos de estrangeiros que nasçam em Itália não têm o direito à nacionalidade. Podem requerê-la, sim, mas só se podem candidatar quanto tiverem 18 anos de idade. E isso gera muitos protestos.

Aquela que é uma das políticas mais restritivas da Europa está a ser alvo de uma imensa contestação em Itália e de manifestações esta sexta-feira, tendo dado origem a várias campanhas a favor da mudança para o chamado “direito de solo”.

Aliás, a Câmara dos Deputados italiana já aprovou essa mudança em 2015, mas recentemente as tensões políticas no Senado, com episódios caricatos e violentos, bloquearam-na. Os partidos de direita e, sobretudo a Liga do Norte, argumentam com os alegados riscos que essa alteração comporta face à entrada massiva de migrantes no país.