Última hora

Última hora

Rose McGowan: "Weinstein violou-me"

Em leitura:

Rose McGowan: "Weinstein violou-me"

Tamanho do texto Aa Aa

Uma das vítimas do produtor fala agora, claramente, em violação. Várias estrelas de Hollywood estão a reagir.

Rose McGowan, uma das atrizes que acusam Harvey Weinstein, diz agora claramente que o produtor a violou. Um dos casos mais antigos, sabia-se que tinha sido abafado através de um acordo, mas os contornos não eram conhecidos. A declaração foi feita num tweet, onde diz também que o líder dos estúdios Amazon, Roy Price, sabia de tudo e não fez nada. Price foi depois suspenso.


Também no Twitter, McGowan iniciou uma campanha para que toda a administração da Weinstein Company, segundo ela cúmplice dos abusos, se demita:


Carey Mulligan, que encarnou a luta das mulheres em “As sufragistas”, solidarizou-se com as atrizes que estão a denunciar Weinstein: “Ainda bem que está tudo a saber-se, agora, e que todas estas mulheres estão a ter a coragem de denunciar. Esperemos que isso faça as pessoas com este tipo de posição pensar duas vezes antes de abusarem do poder desta forma horrível. Esperemos que seja o fim deste tipo de abusos”.

Entretanto, Jane Fonda e Emma Thompson foram a mais recentes vozes a juntar-se ao coro de condenações ao produtor, acusado de vários episódios de assédio e agressão sexual ao longo de décadas.

“Ainda bem que se fala disso, agora. Está longe de ser um caso único em Hollywood. É comum em todos os países e em todas as áreas, incluindo nas empresas e na política. Há muitos homens a sentir-se no direito de fazer esse tipo de coisas, é uma epidemia. Só se fala disso quando são famosos e poderosos como o Harvey”, disse Fonda, numa entrevista à BBC.

A atriz de “Barbarella” foi, ao mesmo tempo, criticada por saber da história e ter mantido o silêncio. Na entrevista, admitiu que sabia há vários anos das alegações contra Harvey Weinstein.


Para Emma Thompson, “este homem é a ponta de um iceberg. Não o podemos classificar como um viciado em sexo. É um predador, o que é diferente. Um dos grandes problemas da forma como os nossos sistemas funcionam é o facto de haver tanta gente a fazer vista grossa. Houve um milhão de oportunidades desperdiçadas de denunciar o comportamento nojento deste homem”.