Última hora

Termina primeira fase do julgamento de suspeitas da morte de meio-irmão de Kim Jong-un

Os advogados de defesa alegam que as duas mulheres foram enganadas por presumíveis agentes norte-coreanos. Doan Thi Huong e Siti Aisyah arriscam pena de morte caso sejam condenadas.

Em leitura:

Termina primeira fase do julgamento de suspeitas da morte de meio-irmão de Kim Jong-un

Tamanho do texto Aa Aa

Terminou a primeira fase do julgamento das duas mulheres acusadas de assassinar o meio irmão do líder norte-coreano. A vietnamita e a indonésia apresentaram-se esta quinta-feira num tribunal em Kuala Lumpur, na Malásia. As duas continuam a reclamar inocência: garantem que foram pagas para participar numa espécie de programa de “apanhados” e não faziam ideia de quem se tratava.

Os advogados de defesa alegam que as duas mulheres foram enganadas por presumíveis agentes norte-coreanos. Doan Thi Huong e Siti Aisyah arriscam pena de morte caso sejam condenadas.

O tribunal ouviu 40 pessoas entre testemunhas e especialistas e foi revelado que Kim Jong-nam transportava uma mala com 100 mil dólares, cerca de 85 mil euros. A conclusão deste processo está prevista para finais de novembro.

Recorde-se que o meio-irmão do líder da Coreia do Norte foi assassinado em 13 de fevereiro no aeroporto internacional de Kuala Lumpur. As duas mulheres lançaram o agente químico nervoso VX no rosto de Nam, que acabou por morrer poucos minutos depois.