Última hora

Última hora

Aliados políticos de Puigdemont exigem confirmação da declaração de independência

Carles Puigdemont está a ser pressionado pelos aliados políticos para que declare a independência da Catalunha nos próximos dias

Em leitura:

Aliados políticos de Puigdemont exigem confirmação da declaração de independência

Tamanho do texto Aa Aa

Aumenta a pressão sobre o Presidente regional catalão. Esta segunda-feira, termina o prazo dado por Madrid a Carles Puigdemont para que clarifique o discurso no Parlamento sobre a declaração de independência. Os dois principais aliados políticos catalães só admitem um cenário após o referendo de outubro. Para líder da ERC, Esquerda Republicana da Catalunha só pode ser dada uma resposta a Mariano Rajoy. “Queremos lembrar e reafirmar o nosso apoio ao Presidente do Governo catalão para cumprir o mandato de 27 de setembro – eleições regionais e, especialmente, o mandato de 01 de outubro – dia do referendo – que é o mandato para construir a Republica catalã” afirma Oriol Junqueras.

Uma posição partilhada pelos independentistas da CUP, Candidatura de Unidade Popular que apoiam o governo. “Decidimos insistir e voltar a insistir na necessidade e na exigência que o Sr. Puigdemont resolva de forma afirmativa, nítida, inteligível para o conjunto da cidadania que, efetivamente, o que tem a fazer é proclamar a República e que o faça segunda-feira” refere Nuria Gibert.

A pressionar no sentido contrário está o Governo central. O primeiro-ministro espanhol rejeita qualquer declaração de independência e promete tomar medidas caso Puigedemont mantenha o que prometeu depois do referendo.