Última hora

Última hora

Número de mortos do atentado de Mogadíscio sobe para 215

É um dos piores ataques de que há memória na Somália

Em leitura:

Número de mortos do atentado de Mogadíscio sobe para 215

Tamanho do texto Aa Aa

O duplo atentado, que terá sido levado a cabo por alegados membros da organização terrorista Al-Shabab em Mogadíscio, na Somália, provocou a morte a 215 pessoas e feriu mais de 350, avança a agência espanhola EFE, citando fontes hospitalares.

É um dos piores ataques de que há memória neste país do corno de África, desde que os militantes jihadistas lançaram uma campanha em 2007.

As autoridades anunciaram que um camião bomba explodiu no sábado às portas de um hotel no cruzamento K5, junto a edifícios governamentais, restaurantes e outros estabelecimentos comerciais.

Duas horas mais tarde, uma outra explosão sacudiu o distrito de Medina.

Ninguém reivindicou o atentado, mas as suspeitas recaem sobre o grupo militante Al-Shabaab que costuma levar a cabo ataques. O grupo ligado à Al-Qaida tem como objetivo derrubar o governo apoiado pelas nações unidas e a União Africana para impor um regime islâmico.

O Presidente da Somália, Mohamed Abdullahi Mohamed, declarou três dias de luto e apelou à população para que doasse sangue para as vítimas nos hospitais.