Última hora

Última hora

Irão lança acusações aos EUA e UE

O secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional iraniano lança duras acusações ao presidente dos EUA e à UE.

Em leitura:

Irão lança acusações aos EUA e UE

Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto o líder supremo do Irão ameaça “rasgar em pedaços” o acordo nuclear, assinado em 2015, se alguma das partes o romper e insta a Europa a fazer mais para apoiar o país, a euronews falou com o secretário do Conselho Supremo de Segurança Nacional iraniano. Ali Shamkhani lança duras acusações ao presidente dos EUA:

“Infelizmente, Trump é um mentiroso. Ele trabalha contra o Irão, ao impor sanções e fazer pressões económicas, contra a Síria e o Iraque, aumentando o terrorismo, contra o povo do Iémen com bombardeamentos. Quando Trump chama ao Irão de “Nação Terrorista”, ou distorce os 2500 anos de história do “Golfo Pérsico”, ao chamar-lhe Golfo Árabe, as pessoas percebem que estão na mira”, adiantou Ali Shamkhani.

O antigo ministro da defesa iraniana diz que as sanções norte-americanas e o acordo nuclear não são compatíveis, mas as acusações estendem-se à União Europeia:

“O nosso plano foi sempre o de desenvolver os nossos laços e as nossas relações com a Europa segundo os nossos valores e crenças. No entanto, a verdade é que a Europa não fez o mesmo desde a assinatura do acordo nuclear. Com exceção de algumas ações particulares, o que fez, principalmente, foi falar. Agora, a Europa tem vindo a mostrar-se, repetidamente, contra o fim do acordo nuclear, pretendido pelos EUA e a sua intenção de sair do acordo”, afirmou o almirante.