Última hora

Última hora

Número de insetos cai mais de 75% na Alemanha

Os biólogos documentaram o declínio acentuado de insetos voadores em dezenas de reservas naturais desde 1989 e 2016.

Em leitura:

Número de insetos cai mais de 75% na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

O número de insetos voadores caiu mais de 75% em quase três décadas, na Alemanha.

Esta é a principal conclusão de um estudo publicado esta semana na revista científica Plos One.

Os biólogos da Universidade de Radboud, na Holanda, e da Entomologigal Society Krefeld, na Alemanha, documentaram o declínio acentuado de insetos voadores em dezenas de reservas naturais desde 1989 e 2016.


A investigação baseou-se em fatores como as alterações climáticas, os habitats, os usos da terra em áreas de proteção natural e a utilização de pesticidas agrícolas.

Os cientistas mostram-se preocupados pois a diminuição da biodiversidade de insetos voadores pode provocar efeitos em cascata em redes alimentares uma vez que são polinizadores importantes e uma fonte de alimento para aves e outros animais mais pequenos.

O estudo apela para a “necessidade urgente de descobrir as causas do declínio, a extensão geográfica e compreender as ramificações do decréscimo dos ecossistemas”.