Última hora

Última hora

Trump anuncia divulgação de novos documentos sobre assassinato de Kennedy

A morte Kennedy em 1963, na cidade texana de Dallas, alimenta, desde há décadas, várias teorias de conspiração.

Em leitura:

Trump anuncia divulgação de novos documentos sobre assassinato de Kennedy

Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, autorizou a publicação de novos documentos sobre o assassínio de John F. Kennedy, mantidos em segredo durante décadas.

Cinco milhões de documentos sobre o assassínio de John F. Kennedy, provenientes essencialmente dos serviços de informações, da polícia e do Departamento de Justiça, são mantidos em Washington DC, nos Arquivos Nacionais.

A grande maioria destes documentos já foi revelada ao público.

Na quinta-feira, 3.100 documentos que nunca foram divulgados podem finalmente ser publicados, bem como a versão completa de milhares de documentos até agora divulgados apenas parcialmente.

Muitas teorias da conspiração

A morte de John F. Kennedy, a 22 de novembro de 1963, em Dallas, no Texas, alimenta desde há décadas teorias de conspiração, com alguns a duvidarem de que Lee Harvey Oswald, o autor dos disparos, seja o único responsável.

O Presidente norte-americano pode ainda decidir manter alguns dos documentos como secretos, por razões de segurança.

Com Lusa