Última hora

Última hora

Ilha grega de Samos transformada num enorme campo de refugiados

A associação SAMOS SOS organizou este fim de semana uma manifestação em que se pediam melhores condições para os refugiados: o alojamento esgotou, a comida é cada vez mais escassa e o inverno que se aproxima pode agravar ainda mais a situação. No protesto participaram tanto os locais como migrante

Em leitura:

Ilha grega de Samos transformada num enorme campo de refugiados

Tamanho do texto Aa Aa

Uma ilha turistica transformada num enorme campo de refugiados. As encostas da ilha estão repletas de tendas. Samos, na Grécia, recebe todas as semanas mais migrantes. Os números oficiais apontam para pouco mais de 2500, mas na ilha fala-se de mais de 3000. Os campos estavam preparados para receber 750.

A associação SAMOS SOS organizou este fim de semana uma manifestação em que se pediam melhores condições para os refugiados: o alojamento esgotou, a comida é cada vez mais escassa e o inverno que se aproxima pode agravar ainda mais a situação. No protesto participaram tanto os locais como migrantes.

O correspondente da Euronews, Apostolos Staikos explica que nos últimos dois anos e meio, quem vive em Samos recebeu e cuidou dos milhares de refugiados que chegaram, passando pela Turquia. Mas agora os locais garantem que todos os limites foram ultrapassados e temem pelo futuro dos migrantes na ilha.