Última hora

Última hora

O Rocky Gülen do Galatasaray

Uma enorme imagem do pugilista interpretado por Sylvester Stallone deixou o clube em maus lençóis.

Em leitura:

O Rocky Gülen do Galatasaray

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo turco decidiu investigar um grupo de fãs do clube de futebol de Istambul Galatasaray, que, para vários media próximos do Executivo de Ancara, têm claras ligações com aquele que consideram como organizador do golpe de Estado militar falhado de 2016.

Tudo por causa de uma iniciativa de uma claque do clube, durante um encontro entre o Galatasaray e o Fenerbahce, que expôs um cartaz de grandes dimensões com a personagem de ficção norte-americana Rocky Balboa, no qual poderiam ler-se as expressões “Levanta-te” mas também “luta” e “Eles parecem grande porque estás de joelhos”.

Para alguma imprensa turca, a iniciativa demonstra, mais uma vez, a ligação entre o clube e o clérigo Fethullah Gülen, atualmente exilado nos Estados Unidos, acusado por Ancara de responsabilidade máxima no golpe de Estado falhado.

O diário Takvim, conhecido pelas posições próximas do poder, disse que o cartaz mais não era do que uma referência a um dos discursos de Gülen, que teria citado um poema que termina com a estrofe “Luta pelos teus direitos, Sakarya” – uma província turca do noroeste.

Uma ideia “patética” para o clube de Istambul

O primeiro-ministro Binali Yildirim ordenou uma investigação esta segunda-feira.

Uma ideia “patética”, disse a direção Galatasaray e uma “tentativa para atacar o clube”, recordando que o mesmo cartaz foi usado noutro encontro, em maio.

A direção do clube de Istambul disse ainda que utilizaria todos os meios legais para responsabilizar qualquer pessoa ou instituição que tentasse pôr em jogo o bom nome do Galatasaray ou que acusasse o clube de ligação com aquele que disse ser um “odioso líder de uma organização terrorista”.

A purga de Erdogan depois da tentativa de golpe de Estado

Desde a tentativa de golpe de Estado militar, cerca de 50 mil pessoas foram detidas, encontrando-se, muitas, à espera de julgamento, por suspeitas de envolvimento ou de alegado apoio às operações.

Mais de 150 mil pessoas perderam os postos de trabalho ou foram suspensas de funções em diferentes instituições, públicas e privadas, como o exército ou universidades, mas também em várias empresas.

Diferentes organizações de luta pelos Direitos Humanos e alguns Estados do Ocidente dizem que o presidente conservador, Tayyip Erdogan, tem utilizado a tentativa de golpe como motivo para levar a cabo o que definem como “uma purga” na Turquia.

O Galatasaray é atualmente o líder da tabela de classificação geral da liga turca de futebol e conta com mais de 20 troféus no campeonato turco. Foi o primeiro clube nacional a vencer um campeonato europeu, ao levar para casa a Taça da UEFA, há 17 anos, atual Liga Europa.

Com Reuters