Última hora

Última hora

Xi Jinping é o homem com mais poder da China

Apenas Mao Tsé Tung viu a sua teoria política inscrita na constituição do Partido Comunista da China enquanto liderava o destino chinês. Até chegar Xi Jinping.

Em leitura:

Xi Jinping é o homem com mais poder da China

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de dois mil e trezentos delegados vindos de toda a China reuniram desde a semana passada em congresso, em Pequim.

O desfecho, esta terça-feira, foi o enquadramento na constituição do Partido Comunista da China (PCC) do pensamento político de Xi Jinping num reforço do poder que tem vindo a cimentar desde 2012, ano em que se tornou líder do partido. O voto foi unânime.

“O Pensamento de Xi Jinping do Socialismo de Carácter Chinês para uma Nova Era” fica assim inscrito como um “guia de ação” para o maior partido do mundo, com cerca de 89 milhões de membros, e confere a Xi Jinping uma autoridade e notoriedade que se iguala apenas à de Mao Tsé Tung.


Nenhum dirigente partidário depois de Mao viu a sua abordagem à ideologia celebrada deste modo enquanto ainda em funções, nem mesmo Deng Xiaoping, cujas reformas no fim dos anos 70 tornaram a China na segunda potência económica mundial.


De acordo com uma lista adiantada na terça-feira pela agência oficial Xinhua, o presidente chinês e o primeiro-ministro, Li Kequiang, repetem os nomes enquanto membros do Comité Central do PCC. Cabe ao Comité Central a escolha dos 7 elementos que formarão o Comité Permanente, o órgão de poder máximo no Partido.


Quarta-feira é esperada a apresentação do Comité Permanente, no Grande Palácio do Povo, e a confirmação do presidente chinês como secretário-geral do Partido, para mais um mandato de cinco anos como líder supremo da China.