Última hora

Última hora

Rajoy insiste em intervenção do Estado na Catalunha

O primeiro-ministro espanhol voltou a defender, no Parlamento espanhol, que a única solução para a questão catalã é a intervenção do Estado.

Em leitura:

Rajoy insiste em intervenção do Estado na Catalunha

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro espanhol voltou a defender, no Parlamento espanhol, que a única solução para a questão catalã é a intervenção do Estado, para “recuperar a legalidade” perante o desafio lançado pelos movimentos separatistas.

Para Mariano Rajoy, na sessão de debate semanal do Congresso, a ativação do artigo 155º, e o exercício temporário das competências regionais na Catalunha, previsto na Constituição, é a única resposta possível. Rajoy respondia a um deputado independentista que pedia “negociação, diálogo e intermediação”:

“O único diálogo que tive com o senhor Puigdemont, a única coisa que quis negociar comigo foram os trâmites e prazos para a independência da Catalunha. O senhor Puigdemont não quis falar de mais nada. Não quis ir à Conferência de Presidentes, nem falar sobre o financiamento da região, não quis integrar o seu governo nos grupos de trabalho sobre a matéria, como fizeram as outras comunidades autónomas de Espanha, não quis vir ao Congresso dos Deputados. Vamos ver se vai apresentar ao Senado as suas propostas, para todos os cidadãos”, afirmou Rajoy.

O Senado deverá dar luz verde, sexta-feira, a proposta do executivo espanhol que prevê a destituição do presidente e dos membros do governo da Catalunha e tomar medidas que permitam a realização de eleições num prazo de seis meses, entre outras coisas.