Última hora

Última hora

Jean-Claude Juncker à RTP: "Catalães não estão a ser oprimidos pela Espanha"

Presidente da Comissão Europeia reitera soberania espanhola, mas admite que a Catalunha tem direito a ser ouvida.

Em leitura:

Jean-Claude Juncker à RTP: "Catalães não estão a ser oprimidos pela Espanha"

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente da Comissão Europeia reiterou, em entrevista à RTP, a posição europeia de respeitar a soberania de Espanha, sublinhando que os catalães não estão a ser oprimidos pelo Governo liderado por Mariano Rajoy.

“Na Catalunha, não estamos a lidar com um problema de direitos humanos porque os cidadãos catalães — que eu adoro e cuja cultura e forma de ser eu respeito muito — não estão a ser oprimidos pela Espanha”, afirmou Jean-Claude Juncker perante o jornalista português Paulo Dentinho.

O presidente da Comissão Europeia considera errado estabelecer comparações com “a Eslovénia e outzros países da ex-Jugoslávia”. “A Europa não tem um papel a desempenhar no conflito evidente entre Barcelona e Madrid. Cabe aos espanhóis resolverem esse problema. Não gostaria que amanhã ou depois de amanhã, a União Europeia se compusesse de 95 países diferentes. Perderíamos o controlo”, defende.

Confrontado com a posição assumida em relação à pretensão de independência dos escoceses, na sequência do “brexit”, Juncker admitiu que os catalães “têm o direito de ser ouvidos mas não têm necessariamente o direito de serem seguidos”. “[O referendo] não teve uma participação que nos permita dizer que a vontade total do povo catalão seria como o governo catalão pretende”, afirmou.