Última hora

Última hora

Judo-Abu Dhabi: Portugal à beira do pódio, Brasil conquista prata

No primeiro dia de competição no Grand Slam de Judo de Abu Dhabi, as judocas portuguesas ficaram à beira do pódio, o Brasil conquistou 3 medalhas prata.

Em leitura:

Judo-Abu Dhabi: Portugal à beira do pódio, Brasil conquista prata

Tamanho do texto Aa Aa

Ouro para Van Snick, Joana Ramos deixa escapar bronze

No primeiro dia de ação no Grand Slam de Judo de Abu Dhabi, a belga Charline Van Snick conquistou a primeira medalha de ouro da competição ao derrotar a brasileira Erika Miranda, número 3 do Mundo, e ganhou também o título de judoca do dia.

A final na categoria de -52 quilos foi emocionante. Depois de Miranda conseguir um waza-ari, e com Van Snick numa posição aparentemente inócua nas costas, a belga trabalhou numa inteligente chave de braços, surpreendeu Miranda e levou a brasileira à submissão.

A judoca romena Alexandra-Larisa Florian teve uma excelente prestação em -52 quilos e conquistou uma das medalhas de bronze. Frente a Angelica Delgado, dos EUA, fez ippon com um fantástico uchi-mata.

A portuguesa Joana Ramos deixou escapar a medalha de bronze. Não conseguiu bater Gili Cohen.

Rafaela Silva na luta pelo ouro em -57Kg

A brasileira Rafaela Silva, campeã olímpica , enfrentou a campeã mundial, Sumiya Dorjsuren, na final de -57kg,

Uma repetição quase perfeita da final olímpica. Mas, desta vez, Dorjsuren inverteu o resultado do Rio ao superiorizar-se com um waza-ari no Ponto Dourado.

A número 1 do mundo adicionou mais uma medalha de ouro à sua coleção e reforçou o domínio como atual rainha da categoria.

Rússia rouba ouro da Sérvia em -48Kg

Num evento onde marcou presença o Sheikh Nahyan Bin Mubarak Al Nahyan, ministro da Cultura e Desenvolvimento do Conhecimento dos Emirados Árabes Unidos, o presidente da Federação Internacional de Judo, Marius Vizer, observou quando Irina Dolgova, em -48 quilos, arrecadou o ouro para a Rússia ao bater Milica Nikolic, da Sérvia.

A portuguesa Joana Diogo ficou na sétima posição.

Felipe Kitadai conquista prata em -60Kg

Na competição masculina, Sharafuddin Lutfillaev, do Uzbequistão, foi o judoca em destaque em -60 kg. Cheio de estilo, roubou o bronze ao cazaque Kyrgyzbayev com um uchi-mata ippon espetacular.

O presidente Vizer entregou a medalha de ouro da categoria ao campeão europeu Robert Mshvidobadze. O russo conquistou a sua primeira medalha de ouro num Grand Slam ao derrotar o brasileiro Felipe Kitadai.

Tal Flicker confirma excelente momento de forma

Em -66 quilos, houve uma vitória para um medalhista de bronze mundial. O israelita Tal Flicker derrotou Nijat Shikhalizada, do Azerbaijão, com um morote-seoi-nage para ippon.

Flicker está a ter um ano inesquecível, após a vitória sobre o judoca do Azerbeijão, soma já três medalhas de ouro.

Kyrgyzbayev brilha com ura-nage

O movimento do dia tem a assinatura do cazaque do Kyrgyzbayev. Frente a Lai, de Hong Kong, realizou um fenomenal exemplo de ura-nage. O contra-ataque mais devastador do judo.