Última hora

Última hora

Os dois caminhos da Catalunha

Em leitura:

Os dois caminhos da Catalunha

Tamanho do texto Aa Aa

Carles Puigdemont afinal não vai ao senado espanhol defender os argumentos catalães face à ameaça da suspensão da autonomia.

Para esta quinta-feira, dia em que o senado debate as medidas a aplicar à Catalunha, está também marcada a sessão do parlamento catalão, que tem como única ordem de trabalhos a definição da resposta a dar à decisão de Madrid de intervir na Catalunha.

O vice- presidente do governo catalão, Oriol Junqueras, traça a linha de ação catalã:
“Nós somos republicanos e, por isso, trabalhamos para constituir uma república, porque entendemos que temos o mandato democrático duplamente de constituir a república, tanto mais que entendemos que governo espanhol também não deixa nenhuma outra opção senão defendermos as liberdades civis e os direitos dos cidadãos, precisamente através dos melhores instrumentos instituicionais possíveis”.

O senado vota na sexta-feira o destino da Catalunha segundo Madrid. Mariano Rajoy afirma que a única resposta é o artigo 155. Veremos o que decide, por seu lado, o parlamento da Catalunha.