Última hora

Última hora

Rajoy promete "restaurar legalidade" na Catalunha

Em leitura:

Rajoy promete "restaurar legalidade" na Catalunha

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro espanhol reagiu à aprovação da declaração de independência da Catalunha, garantindo que “o governo vai tomar todas as decisões para restaurar a legalidade no território”. O executivo central agendou uma reunião de Conselho de Ministros para as 18h00 durante a qual deverá ativar a suspensão da autonomia do território, depois do recurso ao artigo 155 ter sido aprovado pelo Senado.

“Com esta decisão do Senado, o governo vai tomar todas as decisões necessárias para recuperar a legalidade e vamos fazê-lo esta tarde. O objetivo é recuperar a legalidade e por isso digo a todos os espanhóis, a todos os catalães que se mantenham tranquilos, que as coisas vão ser bem feitas, com medida e eficácia como temos feito até hoje. A Espanha é um país sério, uma grande nação e não estamos dispostos a ver a forma como algumas pessoas pretendem liquidar a nossa Constituição e as nossas formas de convivências e as regras do jogo que fizeram com que, em 40 anos, Espanha se convertesse num dos países mais prósperos e democráticos do mundo”.

O Senado Espanhol autorizou o executivo central a aplicar o artigo 155 da Constituição para dissolver o executivo regional e colocar sob tutela de Madrid o parlamento, as finanças e a polícia catalãs, por 214 votos a favor e 47 votos contra. Ao mesmo tempo o ministério público espanhol afirmou ter iniciado diligências contra os deputados e membros do executivo catalão. O governo de Rajoy afirma também que vai interpor uma queixa no Tribunal Constitucional para invalidar o voto no parlamento catalão.