Última hora

Última hora

Detido suspeito de envio de cartas armadilhadas

Homem de 29 anos é suspeito de ter enviado cartas-bomba para responsáveis da União Europeia e para o antigo primeiro-ministro grego Lucas Papademos.

Em leitura:

Detido suspeito de envio de cartas armadilhadas

Tamanho do texto Aa Aa

A brigada grega antiterrorismo deteve um homem de 29 anos suspeito de ter estado envolvido no envio de cartas armadilhadas – com engenhos explosivos ocultos no interior – para responsáveis da União Europeia e para o antigo primeiro-ministro Lucas Papademos.

A confirmação foi feita este sábado pela polícia helénica. No apartamento do suspeito foram encontradas, entre outras coisas, armas, cronómetros, cabos, envelopes e selos.

Em março, uma carta-bomba explodiu nos escritórios do Fundo Monetário Internacional em Paris. Antes, uma embalagem suspeita destinada a Wolfgang Schäuble foi intercetada no Ministério alemão das Finanças.

Em maio, o antigo primeiro-ministro grego Lucas Papademos ficou ferido em Atenas depois de um engenho explosivo, escondido num envelope, ter rebentado no interior do carro em que seguia.