Última hora

Última hora

Terminam cerimónias fúnebres na Tailândia

Um ano depois da morte do rei da Tailândia, chegam ao fim as cerimónias fúnebres.

Em leitura:

Terminam cerimónias fúnebres na Tailândia

Tamanho do texto Aa Aa

Um ano depois da morte do rei da Tailândia, chegam ao fim as cerimónias fúnebres. A encerrar as exéquias decorreu uma cerimónia religiosa, no Palácio Real de Banguecoque, presididas pelo herdeiro ao trono.

As honras fúnebres, dos últimos cinco dias, decorreram de acordo com a tradição budista, e foram seguidas por centenas de milhares de tailandeses, que se deslocaram à capital do país.

O momento alto das cerimónias aconteceu na última quinta-feira com a apresentação de condolências à família real por representantes de 42 países.

O rei, Bhumibol Adulyadej, morreu a 13 de outubro de 2016, aos 88 anos, num hospital de Banguecoque. Reinou durante sete décadas, o que fez dele o monarca que manteve o poder mais tempo.