Última hora

Última hora

Liga dos Campeões, J4 antevisão: Ronaldo em Wembley e FC Porto na luta

"Dragões" recebem Leipzig, de Bruma, e Real Madrid joga liderança diante do Tottenham

Em leitura:

Liga dos Campeões, J4 antevisão: Ronaldo em Wembley e FC Porto na luta

Tamanho do texto Aa Aa

O FC Porto joga no Dragão, diante do Leipzig, o futuro na Liga dos Campeões, numa noite marcada por dois embates de luxo no atual futebol europeu: a visita do Real Madrid ao Tottenham e a receção do Nápoles ao Manchester City.

Em Londres, a equipa de Cristiano Ronaldo terá de fazer bem melhor do que o conseguido no fim de semana em Girona, onde foi derrotada, se quiser manter-se no topo do grupo H. Os Spurs também somam sete pontos e vêm igualmente de uma derrota na Liga inglesa, mas no terreno do Manchester United.

Mais do que duas grandes equipas, no Estádio de Wembley vão estar frente a frente também dois dos melhores avançados da atualidade: Cristiano Ronaldo e o inglês Harry Kane.

Para o defesa Jan Vertonghen, do Tottenham, “são ambos jogadores incríveis”.

“Ronaldo tem as suas qualidades e o Harry Kane as dele. Temos de respeitar o Ronaldo por tudo o que já ganhou ao longo dos anos, pelo que está a fazer e pelo nível a que ainda está a jogar. É difícil compara-los porque são jogadores diferentes, mas o Harry Kane, para mim, é um dos melhores números ‘nove’ da Europa. Talvez até o melhor. E mostra-o todas as semanas”, sublinhou o defesa holandês.

No duelo pessoal, Harry Kane soma esta época 12 jogos (3 na Liga dos campeões e 9 na Liga inglesa) e 13 golos (5/8), enquanto Cristiano Ronaldo, que começou a Liga espanhola com uma suspensão de cinco partidas, soma 11 jogos (Supertaça europeia, Supertaça espanhola, 3 na Liga dos Campeões e 6 na Liga espanhola) e ainda só marcou sete golos (5 na Liga dos Campeões, um na Supertaça espanhola e mais um no campeonato espanhol).

Na outra partida deste grupo H, o Borussia de Dortmund recebe os cipriotas do APOEL, do português Nuno Morais. Os alemães, estranhamente, procuram ainda o primeiro triunfo no torneio, mas quem sabe possam contar já com o regresso à titularidade de Raphäel Guerreiro e o português, campeão da Europa em 2016, volte a fazer a diferença.

No grupo E, o Sevilha, de Daniel Carriço (está lesionado), recebe um dos líderes, o Spartak de Moscovo. Também com cinco pontos, o Liverpool recebe os eslovenos do Maribor.

No grupo F, há também jogo grande com a visita do Manchester City, de Bernardo Silva, ao Nápoles, de Mário Rui. Os ingleses lideram com nove pontos, enquanto os italianos são terceiros, com três pontos. O segundo, o Shakhtar Donetsk, do treinador português Paulo Fonseca, recebe o Feyenoord da Holanda, que ainda nem pontuou.

No grupo G, por fim, o FC Porto recebe o RB Leipzig, onde também alinha um português Bruma. Os portugueses estão em terceiro com três pontos, os alemães são segundos, com quatro, e na última jornada venceram em casa os “dragões”, por 3-2.

No outro jogo, o AS Mónaco sonha ainda reverter o péssimo arranque na competição, num grupo onde entrou como o grande favorito e um empate em casa, mas no qual ainda não saboreou qualquer vitória. Após a derrota em casa na última ronda, a equipa de Leonardo Jardim, João Moutinho e Rony Lopoes, atual campeã francesa, vai agora tentar vingar-se do Besiktas e vencer em Istambul a equipa de Quaresma e Pepe, para se ralançar na luta pela passagem aos oitavos de final.