Última hora

Última hora

Reforma Protestante celebra 500 anos

A data foi assinalada em Wittenberg por uma cerimónia ecuménica.

Em leitura:

Reforma Protestante celebra 500 anos

Tamanho do texto Aa Aa

A igreja luterana comemora 500 anos. Foi a 31 de outubro de 1517 em Wittenberg, na Alemanha, que Martinho Lutero cunhou as 95 teses na origem da Reforma Protestante. As teses eram uma crítica ao Catolicismo romano, em particular à venda da absolvição dos pecados, que se praticava na altura.

A data foi assinalada, nessa mesma cidade, por uma cerimónia ecuménica, em que estiveram presentes a chanceler alemã Angela Merkel e o presidente Frank-Walter Steinmeier.

“A peça central do movimento reformista é a liberdade. ‘Da liberdade cristã’ é a obra mais importante de Lutero. E a liberdade é o grande tópico dos dias de hoje. Significa a liberdade de todas as obrigações? A liberdade de escolher entre milhares de opções? Ou será que a liberdade é o poder pessoal de resistir às autoridades e seguir a sua própria consciência?”, disse o Bispo Heinrich Bedford-Strohm, presidente do Conselho Evangélico Alemão.

A cerimónia pôs fim ao Ano Lutero – um ano de eventos para comemorar os 500 anos da reforma. Para assinalar a ocasião, o Vaticano e Federação Luterana Mundial emitiram um comunicado conjunto, em que condenam a violência e prometeram lutar em conjunto para esbater as diferenças que persistem entre católicos e protestantes.