Última hora

Última hora

Em leitura:

Triunfo do terror no "Halloween" americano


cinema

Triunfo do terror no "Halloween" americano

Aproveitando o ambiente propício do “Halloween” (Dia das Bruxas), o regresso ao grande ecrã da saga de terror “Saw” revelou-se um sucesso de bilheteira nos Estados Unidos. No derradeiro fim de semana de outubro, “Jigsaw: O Legado de Saw”, dos irmãos Spierig, somou 16,6 milhões de dólares (14,2 milhões de euros), de acordo com a Box Office Mojo, e só este período deu para compensar os 10 milhões de dólares (8,6 milhões de euros) de orçamento da produção.



Indiferente à nomeação em fevereiro para pior realizador do ano com “Boo! A Madea Halloween”, Tyler Perry regressa menos de um ano depois com a sequela, “Boo 2! A Madea Halloween”, e desta feita já conseguiu pelo menos ficar no segundo lugar da melhor bilheteira americana do fim de semana pré-“Halloween”, ultrapassando os 10 milhões de dólares. É um filme contudo de novo sem estreia anunciada em Portugal ou no Brasil.



A confirmar a maior apetência dos norte-americanos pelos filmes de terror neste período festivo de bruxas e monstros, “Feliz Dia para Morrer”, foi o quarto filme a arrastar mais gente às salas de cinema dos Estados Unidos. O filme de Christopher Landon somou cinco milhões de dólares nas bilheteiras, um pouco abaixo, ainda assiim, do “blockbuster” “Geostorm: Ameaça Global”, que somou 5,9 milhões de dólares e fechou o pódio.




</p<

Escolhas do editor

Artigo seguinte
Polanski: Crimes sexuais e a ira de feministas

cinema

Polanski: Crimes sexuais e a ira de feministas