Última hora

Última hora

Síria e Iraque apertam o cerco ao grupo Estado Islâmico

Forças de Assad afirmam ter retomado o controlo sobre a última cidade síria nas mãos do grupo Estado Islâmico.

Em leitura:

Síria e Iraque apertam o cerco ao grupo Estado Islâmico

Tamanho do texto Aa Aa

O Grupo Estado Islâmico perde o último bastião urbano na Síria depois do exército do país ter retomado o controlo sobre a cidade de Deir al-Zor, a uma centena de quilómetros da fronteira com o Iraque.

As forças sírias, apoiadas pela aviação russa e milícias iranianas e xiitas afirmam ter “libertado” a cidade ao final de uma ofensiva iniciada em Setembro e acelerada nas últimas semanas após a derrota do ‘Daesh’ em Raqqa, em meados de Outubro, a antiga capital do grupo islamita no país.

As forças de Bashar Al-Assad afirmam levar a cabo neste momento operações para retirar as minas e armadilhas instaladas pelos combatentes que controlavam a cidade desde 2014.

Em paralelo, a milícia curda e árabe apoiada pelos Estados Unidos prossegue a ofensiva a Leste, para retomar várias povoações da província rica em petróleo que financiava as atividades do grupo armado.

Do outro lado da fronteira, o exército iraquiano aperta o cerco aos combatentes, quando anuncia ter entrado na cidade de Al-Qaim, na fronteira com a Síria, o último reduto do grupo Estado Islâmico no país.