Última hora

Última hora

Harvey Weinstein poderá ser acusado de violação em Nova Iorque

O conhecido produtor de Hollywood é também alvo de investigações na Califórnia e no Reino Unido.

Em leitura:

Harvey Weinstein poderá ser acusado de violação em Nova Iorque

Tamanho do texto Aa Aa

As acusações relacionadas com episódios de assédio e de abusos sexuais não páram de multiplicar-se em relação ao conhecido produtor de Hollywood, agora caído em desgraça, Harvey Weinstein.

Segundo a polícia da cidade de Nova Iorque, é agora possível falar numa “verdadeira investigação” em torno daquele que era, até há pouco tempo, uma das figurais mais poderosas da indústria cinematográfica dos Estados Unidos.

As autoridades dizem que uma investigação foi lançada em torno às acusações da atriz Paz de la Huerta, que diz ter sido violada por Weinstein em 2010.

Mais um caso ainda em invesrigação

As declarações tomadas pela polícia de Nova Iorque foram, segundo os investigadores “corroboradas”. No entanto, os agentes dizem querer “ir mais longe” no conhecimento do caso.

Em conferência de imprensa, um porta-voz da Polícia de Nova Iorque adiantou que se Weinstein se encontrasse em Nova Iorque e se o caso fosse recente, o suspeito teria sido “imediatamente detido.”

Mas a possibilidade de que Weinstein venha a ser perseguido pela Justiça do estado de Nova Iorque parece mais plausível do que nunca.

Enquanto isso, encontram-se em curso outras investigações em Bervely Hills-Los Angeles, na Califórnia, e em Londres, no Reino Unido. Até ao momento, nenhuma resultou em acusações formais.

Denunciado por cerca de 100 mulheres

Desde o início do mês de outubro, quase 100 mulheres denunciaram um dos homens fortes do cinema dos EUA por alegados assédios, abusos sexuais e mesmo violações.

Apesar de ter admitido “comportamentos inapropriados” em relação a várias mulheres, Harvey Weinstein rejeitou todas as acusações de agressão sexual.