Última hora

Última hora

EUA querem continuar investigar o uso de armas químicas na Síria

País norte-americano quer prolongar até 2018 o Mandato de Investigação conjunta, o qual termina a 17 de Novembro.

Em leitura:

EUA querem continuar investigar o uso de armas químicas na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

O mandato de investigação conjunta do caso do uso de armas químicas na Síria termina a 17 de Novembro e, por isso, os Estados Unidos decidiram elaborar um relatório para prolongar o mandato de investigacão.
Numa sessão das Nações Unidas, a Rússia vetou a resolução elaborada pelos Estados Unidos. Vladimir Safronkov, deputado representante da Rússia nas Nações Unidas, disse que a resolucão apresentada usa um léxico inapropriado, e que “(…) está cheio de expressões como: provavelmente, possivelmente, supsotamente, (…)” e que tal linguagem não é apropriada para um “problema tão sério”.

O relatório do que aconteceu na Síria culpa as autoridades sírias pelo ataque com gás sarin. Os Estados Unidos querem continuar a investigar o caso por não aceitarem tais afirmações.