Última hora

Última hora

Vaga de fome no Iémen já fez milhares de vítimas

Desde que a Arábia Saudita fechou as fronteiras que dão acesso ao Iémen, o país está a passar uma das maiores vagas de fome de sempre

Em leitura:

Vaga de fome no Iémen já fez milhares de vítimas

Tamanho do texto Aa Aa

O país está a enfrentar uma das maiores vagas de fome das últimas décadas.

Na segunda-feira passada, os rebeldes Houthi lançaram um míssil na cidade de Riade, o que fez com que a Arábia Saudita tivesse fechado as fronteiras que dão acesso ao Iémen.

A arábia Saudita diz ter tomado tal medida para ntercetar armas que estariam a ser fornecidas aos rebeldes pelo Irão. O Irão já veio desmentir ter fornecido tal material.

As Nações Unidas alertaram para o problema, o secretário Mark Lowcock disse que se as fronteiras não abrirem, esta vaga de fome será muito pior do que os casos que se conhecem do passado. “Não será como a vaga de fome do Sul do Sudão no início do ano, onde dezenas de milhares de pessoas foram afetadas. Não será como a fome na Somália em 2011, onde 250 mil pessoas perderam a vida. Será a maior vaga de fome que o mundo viu em décadas. Com milhões de vítimas”

A fome no Iémen já fez milhares de vítimas.