Última hora

Última hora

Em leitura:

Kevin Spacey fora de filme de Ridley Scott


cinema

Kevin Spacey fora de filme de Ridley Scott

Kevin Spacey será apagado do novo filme de Ridley Scott. O anúncio foi feito pelo cineasta. Todas as cenas de “Todo o Dinheiro do Mundo” em que o ator aparece, serão rodadas de novo com Christopher Plummer no papel do magnata do petróleo John Paul Getty, cujo neto adolescente foi raptado em 1973, interpretado. A ante-estreia do filme que deveria ter já acontecido, acabou adiada depois do escândalo de assédio sexual que envolve Spacey.

As luzes da ribalta apagam-se para Kevin Spacey depois das várias acusações de assédio sexual de que foi alvo. A Netflix tinha já anunciado o fim de House of Cards, série de culto protagonizada pelo ator. Depois de Anthony Rapp foi a vez de uma ex apresentadora de telejornal acusar Spacey, em entrevista à NBC, de conduta imprópria para com o seu filho:

“Só quando Kevin Spacey colocou as mãos dentro das suas calças é que ele percebeu que estava, realmente, com problemas.

Absolutamente. Não houve consentimento”, adianta Heather Unruh.

O jovem não terá apresentado queixa por medo e vergonha, explica Heather Unruh, acrescentado que está já a decorrer uma investigação criminal. Na altura, e depois do sucedido o jovem telefonou à mãe:

“Ele disse-me: “mãe, o Kevin Spacey tentou violar-me”, contou Unruh.

A primeira acusação a Kevin Spacey surgiu de Anthony Rapp. Ao Buzz Feed o também ator falou de assédio sexual quando era menor de idade, e Spacey maior. Têm sido vários os escândalos surgidos nas últimas semanas. De Harvey Weinstein, produtor de Hollywood, a Spacey, passando por Dustin Hoffman e pelo realizador James Toback.

Escolhas do editor

Artigo seguinte
Nova adaptação de "Um crime no Expresso do Oriente"

cinema

Nova adaptação de "Um crime no Expresso do Oriente"