Última hora

Última hora

Geldof devolve prémio da Liberdade de Dublin

Bob Geldof devolveu um prémio, atribuído pela cidade de Dublin, por o mesmo galardão ter sido dado à líder do Myanmar.

Em leitura:

Geldof devolve prémio da Liberdade de Dublin

Tamanho do texto Aa Aa

Bob Geldof devolveu um prémio, que lhe foi atribuído pela cidade de Dublin, por o mesmo galardão ter sido dado à líder do Myanmar. No meio de toda a polémica sobre a limpeza étnica que o país está a fazer, em relação aos Rohingyas, o músico quis demarcar-se:

“Aung San Suu Kyi foi recebida de forma muito pomposa nesta cidade. E no final ela é uma assassina. Não quero ter nada a ver com aquilo que a ONU identifica como genocídio”, afirmou o compositor.

O músico irlandês e ativista contra a pobreza foi galardoado com o prémio “Liberdade da Cidade de Dublin”, o mesmo que foi atribuído a Suu Kyi. A antiga Birmânia vive um momento delicado. A comunidade internacional insiste para que a líder do país fale sobre o que está a acontecer mas a Nobel da Paz limita-se a dizer que a pressão da ONU é “prejudicial”.

Mais de 600.000 muçulmanos rohingya, de Rakhine, foram obrigados a refugiar-se para campos de refugiados no Bangladesh para fugir à repressão.