Última hora

Última hora

Homenagem às vítimas dos atentados dois anos depois

Dois anos depois dos atentados França relembra as 130 vítimas dos piores ataques em solo francês desde a II Guerra Mundial.

Em leitura:

Homenagem às vítimas dos atentados dois anos depois

Tamanho do texto Aa Aa

Dois anos depois dos atentados França relembra as 130 vítimas dos piores ataques em solo francês desde a II Guerra Mundial. Durante toda a manhã a comitiva presidencial percorreu os locais visados pelos jihadistas a 13 de novembro de 2015: os cafés Le Carillon, Le Petit Cambodge, La Bonne Bière, Le Comptoir Voltaire e La Belle Équipe e a sala de concertos Bataclan.

Em Saint-Denis Macron, ladeado por diversas figuras de Estado e pelo ex-presidente François Hollande, colocou uma coroa de flores junto à placa de homenagem a Manuel Dias, a vítima portuguesa do ataque no Stade de France. Fez-se um minuto de silêncio antes do responsável máximo gaulês cumprimentar os familiares do falecido, e de ficar de mão estendida frente ao filho de Manuel Dias que se recusou cumprimentá-lo. Um gesto de “resistência cívica”, esclareceu Michaël Dias.