Última hora

Última hora

Antigos dirigentes da FIFA julgados por corrupção em Nova Iorque

Marin, Napout e Burga reclamam-se como inocentes.

Em leitura:

Antigos dirigentes da FIFA julgados por corrupção em Nova Iorque

Tamanho do texto Aa Aa

Começou em Nova Iorque o julgamento de três antigos dirigentes da FIFA, no âmbito do escândalo de corrupção que ditou a queda de Sepp Blater.

José Maria Marin, antigo presidente da Confederação Brasileira de Futebol, Juan Ángel Napout, ex-presidente da Federação Paraguaia e Manuel Burga, que ocupava o mesmo cargo no Peru, sentaram-se no banco dos réus para responder às acusações de suborno e fraude envolvendo vários milhões de dólares. Os três reclamam-se como inocentes.

Ao todo, o chamado “FIFAgate” abrange 42 responsáveis do poderoso organismo desportivo, sendo que 24 deles já se declararam culpados de corrupção.