Última hora

Última hora

Exercícios militares "double eagle" entre Sérvia e EUA

Paraquedistas sérvios e norte-americanos realizam exercícios até esta sexta-feira

Em leitura:

Exercícios militares "double eagle" entre Sérvia e EUA

Tamanho do texto Aa Aa

Um salto para uma parceria reforçada. Paraquedistas sérvios e norte-americanos realizam até esta sexta-feira os exercícios militares conjuntos, Double Eagle, nos arredores de Belgrado. Os americanos foram convidados pelos sérvios com o objetivo de reforçar a confiança com o ocidente. Os treinos surgem depois de exercícios dos sérvios com forças russas no início do mês.

“Requer muita coragem para os sérvios confiarem em nós, usarem os nossos paraquedas, deixarem que os inspecione, e também confiarem no nosso mestre de saltos. Nós temos também sérvios do nosso lado. Nós damos as ordens e depois eles repetem de seguida”, explica o Capitão Alexander Gephart.


Apesar das excelentes relações de Belgrado com Moscovo, o foco político oficial é a perspetiva da sérvia aderir à União Europeia nos próximos 10 anos. Para os militares americanos, o exercício é uma abordagem positiva.

“Certamente que apoiamos as aspirações dos Sérvios de fazerem parte da União Europeia. Se isto for parte desse objetivo, maravilhoso, mas ao nível militar, nós queremos mesmo é uma ligação e estes exercícios são importantes para o compromisso bilateral entre os nossos militares e os sérvios”, diz o brigadeiro-general, Richard G. More Jr.

A Sérvia, que durante vários anos desenvolve uma cooperação técnico-militar com a Rússia, aprovou no parlamento em 2015 um plano de acção conjunta com a NATO, mas preserva o principio da não-alienação militar de 2007.